Documentário 

image.jpg

O Projeto

Primeiro passo, queremos fazer levantamento de quantas instituições estão atendendo essa demanda e como estão sobrevivendo. Segundo passo, estamos pesquisando como tem aumentando o numero de sequestros, abusos de menores e roubo de órgãos de nossas crianças e adolescentes. Precisamos com isso fazer uma reeducação social, familiar e psicológica da sociedade; só se acontece com reeducação com campanhas como nosso projeto buscar proporcionar. Escolhemos esse tema, pois sabemos como está o convívio de nossas crianças com tudo que tem gerado pela falta de afeto, amor, o carinho e respeito. Em suma sabemos que nosso projeto vai alertar ainda mais sobre esses problemas já que esse projeto não terá fim, sempre vamos batalhar pela causa. Por fim nossa proposta é bem simples, documentar, gravar depoimentos, fotografar e filmar locais de convívio dos mesmos, disponibilizar ferramentas audiovisuais e texto para melhor entendimento, e para fechamento nosso documentário e oficinas sobre o assunto.

crianças Bedroom

Nossas Ações

Nossas principais ações serão nossas oficinas sócio culturais (oficinas itinerantes), elas levam documentário sobre assunto, curta metragem sobre o tema, oficinas para as comunidades, sobre os temas abordados em nosso projeto. Apoio psicológico, religioso e pedagogo. Mas sabemos que cada comunidade tem uma demanda então teremos sempre uma equipe de pesquisa da qual levantar o nicho atendido para melhor interação com nosso projeto. Temos como inspiração projetos como amigos da escola, criança esperança, projeto com as APAES, projetos culturais que nosso grupo desenvolve com préadolescentes e adolescentes a mais de 20 anos. www.resvitadondetemcultura, vocês poderão ver um pouco de nossa trajetória e projetos. Antes mesmo de projetos com amigos das escolhas já desenvolvíamos projetos com as escolas do ensino intermediário ao médio, onde levávamos todo tipo de arte, onde reeducávamos nossos alunos. Projetos como entrega VOLUNTÁRIA DE BEBÊS PARA ADOÇÃO: UM DIREITO AINDA POUCO CONHECIDO - Robespierre Foureaux Alves. E Lei da entrega voluntária para adoção beneficia crianças e mães biológicas

Porque Filho sem Pai?

Nosso projeto se chama Filho sem Pai, que tem como objetivo a inclusão de orfanatos no Brasil e principalmente no estado de Minas Gerais queremos, mostrar com relevância a vida de bebes, crianças e adolescentes em sua busca por adoção. Mas principalmente com objetivo de levar a todos como é o processo de adoção, e também esclarecer aos órgãos competentes de como é importante o processo de uma nova família para essas pessoinhas que só querem ser amadas. Já estamos com algumas pesquisas sobre o assunto mas o documentário e principalmente os feedbacks sobre as leis ainda não tivemos acesso, por isso nosso projeto deve começar em outubro de 2021, pensando no mês das crianças como um incentivo a mais. Fazemos esse acompanhamento desde cedo, já que observávamos isso em grupos de jovens e projetos sócio culturais que desenvolvemos com intuito de ajudar. Precisamos de iniciativas como essas das quais nos proporcionam recursos, já que não conseguimos fechar o projeto falta de recurso

ruandeses Crianças

Resgate Social

Resgate social, familiar e reeducação onde vivemos. Sabemos que por pratica projetos bem desenvolvidos e com apelo social tem grande visibilidade e apelo emocional... Mas só isso não basta, queremos contribuir com o futuro dessa juventude, imagina um povo que não sabe como lidar com amor, o passado e a vida de um ser humano como pode ter futuro. Estamos nesse mundo de passagem e se é para deixar frutos na lembrança e que outros deem continuidade que seja pelas coisas boas que ajudamos. Disse um certo galileu que devemos amar ao próximo como a si mesmo e a Deus sobre todas as coisas, agora lhe pergunto em qual momento isso parou de ser verdade. Que amar ao próximo não vale mais a pena, de que órgãos e pessoinhas indefesas são fruto de venda, trafico e prostituição. Nosso projeto irá contribuir com melhores acesso a informação e ajuda, vamos criar canais em todos os locais que passarmos com nossa oficina itinerante, com documentário, curta metragem sobre o assunto e oficinas para todos.

Biblioteca de crianças '